Conheça os 3 principais benefícios de um software de saúde



O funcionamento de unidades de saúde, sejam elas laboratórios, diagnósticos por imagem, clínicas ou hospitais, é um projeto complexo. Depende de muitas variáveis, que precisam ser gerenciadas de forma inteligente e com eficiência, para garantir atendimento ágil e satisfação dos pacientes.

Quando a instituição de saúde não sabe centralizar seus dados e seus processos, o atendimento fica prejudicado. Dessa forma, perde-se agilidade, aumento dos custos, diminuição nos lucros e funcionários podem se sentir sobrecarregados, dos mais imediatos até os gestores.

TECNOLOGIA INTEGRA SOLUÇÕES EM INSTITUIÇÕES DE SAÚDE

Como resolver essa situação? A tecnologia pode ser uma grande aliada das empresas para reduzir custos. No caso de laboratórios, unidades de imagem, clínicas e hospitais, um software de saúde é uma saída que pode resolver muitos problemas.

Assim, os funcionários podem focar no crescimento, melhor performance e otimização da unidade, sem investir todo o tempo em garantir que o modelo atual seja eficiente – porque, com um HIS, CIS, LIS ou RIS isso acontece com mais facilidade.

No artigo a seguir, listamos três problemas que um software pode ajudar a resolver. Para entender melhor, continue lendo o artigo.

AGILIDADE NAS MARCAÇÕES

Com o auxílio de um software de saúde, as marcações podem ser feitas em agendas eletrônicas e integradas, possibilitando inclusive o autoatendimento. Isso evita a perda de informações, reduz a chance de marcações duplicadas, e ainda permite acessar os dados do paciente com rapidez em caso de retorno.

Dessa forma, com o auxílio da tecnologia, a marcação segue sendo uma simples tarefa de rotina e que não atrasa o bom funcionamento da instituição de saúde, reduzindo os riscos de que isso afete de forma negativa a experiência do cliente.

FLUXOS DE INFORMAÇÃO RÁPIDOS E SEGUROS

Na hora de os setores se comunicarem, também é importante que isso seja feito de forma precisa e ágil. Por isso, na escolha de um software, não se pode esquecer de analisar as funcionalidades – ou seja, se além de cuidar do atendimento ele também possui funcionalidades para os setores administrativos.

Portanto, quando isso acontece, gestores podem se comunicar por meio da própria plataforma, evitando despesas desnecessárias com papel, e ainda garantindo que os fluxos de informação sejam seguros, e que cheguem com rapidez a seus destinatários.

PREVER CASOS DE GLOSA MÉDICA

Uma das maiores preocupações das organizações de saúde é cair na “malha fina” dos planos de saúde e sofrer com a glosa médica – o não pagamento de procedimentos.
Com um software, o sistema identifica envios e solicitações que podem ser visualizadas pelo plano como suspeitas ou potencialmente recusadas. Com ajuda de inteligência artificial e algoritmos específicos é possível aprimorar ainda mais o setor de faturamento.

Como a glosa afeta a gestão financeira da unidade de saúde, é de suma importância que esse tema seja tratado pelo programa integrador da clínica ou hospital.

PARA SABER MAIS

Cuidando bem das marcações, das comunicações e da glosa do plano de saúde, já é possível reduzir boa parte dos custos desnecessários e se planejar melhor, otimizando os resultados de uma unidade de saúde.

A Lifeone oferece todos os serviços citados acima de forma personalizável para laboratórios, unidades de imagem, clínicas, consultórios e hospitais.  Para esclarecer todas as suas dúvidas sobre redução de custos e como um software pode te auxiliar, leia nosso guia sobre informatização de clínicas.
Editorial, 06.JUNHO.2019 | Postado em Lifeone


  • 1
Exibindo 1 de 1